MODELOS DE PREVISÃO DO REBANHO BOVINO BASEADOS NAS SÉRIES TEMPORAIS DO ESPÍRITO SANTO E DO BRASIL

Juliana Di Giorgio Giannotti, Allison Queiroz de Oliveira

Resumo


A metodologia de séries temporais foi utilizada com o objetivo de ajustar modelos de tendência e previsão para do rebanho bovino do Brasil e do estado do Espírito Santo. Coletou-se a série de dados anuais contendo as informações sobre o número de cabeças de gado, entre os anos de 1974 a 2017, para o Brasil e Espírito Santo da Pesquisa Pecuária Municipal (PPM) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O modelo de tendência quadrática ajustado com fator de amortecimento 0,25 foi o mais indicado para a previsão do efetivo de todo o território brasileiro com coeficiente de determinação igual a 0,9928, enquanto que somente para o Espírito Santo o modelo de tendência quadrática ajustado pelo método de médias móveis em agrupamento de cinco anos foi o mais adequado para realizar a previsão do efetivo nos próximos anos, com coeficiente de determinação igual a 0,7546.

Palavras-chave


Produção Anima

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.3738/21751463.3643