A MICROCEFALIA E O DIREITO À VIDA

Maria Beniuça Gonçalves, Marcela Ferreira Silva, Elica da Silva Stuqui, Maria Amélia Vitor, Roberto Inacio Barbosa Filho

Resumo


Este trabalho tem por objetivo mostrar que o surto do vírus Zika possui relação diretamente comprovada com o aumento dos números de casos de crianças com microcefalia, que ao levar-se em consideração o direito à vida, priva-se a mulher/gestante dos seus direitos fundamentais. Traz em questão também que as crianças microcefálicas devem receber apoio especializado gratuito, pois a sociedade tem direito à saúde e é dever do estado.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.