QUALIDADE DE TANGERINA ‘CRAVO’ COLHIDA EM DIFERENTES ESTÁDIOS DE MATURAÇÃO

Leandra dos Santos Aguilar, Maria Amalia Brunini, Murilo Fernando Gomes Garcia, Pamela dos Reis Caetano, Junior Barrachi Cerqueira

Resumo


O presente trabalho avaliou algumas características físicas e físico-químicas de tangerina ‘cravo’ colhida em três estádios de maturação (verde, de vez e maduro). Três amostras de 5 frutas foram colhidas em cada estádio de maturação em planta de tangerina ‘cravo’ na Fazenda Experimental da Faculdade Dr. Francisco Maeda, que foram avaliadas quanto às características: massa fresca por fruta, coloração, diâmetro longitudinal e transversal, índice de formato, acidez titulável, sólidos solúveis, pH, rendimento em suco, índice de maturação e vitamina C. Pelos resultados obtidos pode-se verificar que o estádio de maturação influenciou as características avaliadas, como os teores de ácido ascórbico, pH, sólido solúvel e índice de maturação; o estádio mais indicado para a colheita é o maduro, principalmente levando em consideração o teor de sólidos solúveis, rendimento em suco e coloração.

Palavras-chave


Citrus rediculata Blanco. Massa fresca por fruta. Índice de maturação. Coloração. Índice de formato. Rendimento em suco.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.3738/1982.2278.1319