EVOLUÇÃO DA PRODUTIVIDADE DO FEIJÃO-CAUPI PARA OS PRINCIPAIS PRODUTORES DO NORDESTE PARAENSE NO PERÍODO DE 2000 À 2014

Wendel Kaian Oliveira Moreira, Shirlene Souza Oliveira, José Darlon Nascimento Alves, Rian Antonio dos Reis Ribeiro, Inayara Albuquerque Oliveira, Luiz Augusto Silva de Sousa

Resumo


O feijão-caupi (Vigna unguiculata L. Walp.), compõem a dieta alimentar da população de baixa renda, em função do seu alto valor nutritivo. Objetivou-se com esse trabalho avaliar a evolução e identificar as fontes de crescimento da produtividade de feijão-caupi para os principais produtores da região Nordeste Paraense no período de 2000-2014. Os dados utilizados foram provenientes de séries temporais compostas pelas seguintes variáveis: área colhida, produção e produtividade da cultura do feijão-caupi, dos municípios Capanema, Bragança, Capitão Poço, Tracauteua, Augusto Corrêia, Garrafão do Norte, Ourem, Irituia no período de 2000 a 2014, disponibilizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Sendo utilizado para quantificar as fontes de crescimento da produção, o método shift-share. A partir da análise dos dados foi possível observar que as variáveis área colhida, produção e produtividade vem sofrendo redução ao longo dos últimos oito anos. A taxa geométrica de crescimento (TGC) obteve resultados de crescimento negativo para grande parte dos municípios produtores de feijão-caupi. Com relação a produtividade se destaca com um leve crescimento em rendimentos o município de Irituia (1,68% ao ano) e o município de Augusto Corrêa com um crescimento em torno de (0,10 % ao ano). Nesse sentido é de grande importância políticas públicas de incentivos aos pequenos produtores rurais bem como assistência técnica que viabilizem o desenvolvimento produtivo da cultura na região.

Palavras-chave


Segurança alimentar, modernização da agricultura, credito rural

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.3738/1982.2278.1692