MANEJOS PARA DESTRUIÇÃO DE SOQUEIRA NAS PLANTAS DANINHAS E NO DESEMPENHO AGRONOMICO DA SOJA EM SUCESSÃO

Paulo Sérgio Cordeiro Júnior, Maria Beatriz Bernardes Soares, João Batista Lima Sousa, Everton Luis Finoto, Mônica Helena Martins, Antônio Lúcio Mello Martins

Resumo


Objetivou-se com o presente trabalho avaliar, a produtividade de 2 cultivares de soja, BMX Classe RR e NS 7667 IPRO, e as características das plantas daninhas em área de reforma de canavial sob diferentes manejos da soqueira da cana-de-açúcar. O experimento foi conduzido no Polo Regional Centro Norte, localizado no município de Pindorama, SP. A área experimental tem solo caracterizado como Argissolo, considerado profundo, com horizonte A arenoso e horizonte B textural. Os tratamentos foram: 1: Roçagem pré-semadura, 2: Dessecação 10 dias após semeadura, 3: Dessecação 1 dia após semeadura, 4: Gradagem sem dessecação, 5: Dessecação 1 dia antes da semeadura, 6: Dessecação prévia (15 dias) + gradagem, 7: Dessecação prévia (15 dias). Para as cultivares de soja avaliou-se o estande final de plantas, características agronômicas tais como: altura de planta, altura de inserção da 1ª vagem e produtividade de grãos, enquanto que para as plantas daninhas aos 125 dias após a semeadura da soja foram amostrados ao acaso 5 pontos de 1m² por parcela, contando-se o número de plantas daninhas e se retirando a massa seca da parte aérea. Os tratamentos que consistiram na semeadura sobre o palhiço de cana obtiveram maior produtividade para as duas cultivares estudadas. A dessecação 10 dias após a semeadura destacou-se com relação à altura de plantas e de inserção da 1ª vagem, sendo compatível a colheita mecanizada para as cultivares BMX Classe RR e NS 7667 IPRO, entretanto diminuiu a eficiência do herbicida, sendo nesse caso a dessecação prévia da soqueira à semeadura mais indicada para o controle das plantas daninhas, independente do manejo de solo adotado. O uso de roçada para erradicação das soqueiras em sistema de plantio direto é eficiente no controle de plantas daninhas sem afetar a produtividade da soja.

Palavras-chave


Plantio Direto. Reforma de canavial. Glycine max. Glyphosate. Roçagem

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.3738/1982.2278.2818