DESEMPENHO AGRONÔMICO DE CULTIVARES DE SOJA PARA A REGIÃO CENTRO NORTE PAULISTA, SAFRA 2016/17

Paulo Sérgio Cordeiro Júnior, Everton Luis Finoto, Ivana Marino Bárbaro-Torneli, Mônica Helena Martins, Maria Beatriz Soares, Denizart Bolonhezi, Antônio Lúcio Mello Martins

Resumo


Objetivou-se estudar o comportamento de cultivares de soja na região Centro Norte Paulista, na safra 2016/17. O experimento foi instalado no Polo Centro Norte - APTA Regional, vinculado a Secretaria de Agricultura e Abastecimento. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados, com três repetições, sendo testadas 30 cultivares de soja, 25 com tecnologia Intacta RR 2 PRO e 5 com tecnologia RR1. As parcelas úteis constituíram-se de 2 linhas de cinco metros de comprimento, com espaçamento entrelinhas de 0,45 m. Por ocasião da maturação dos grãos, foram avaliados a altura de planta na maturação, altura de inserção da primeira vagem e produtivade de grãos. As análises de variâncias foram realizadas e as médias comparadas pelo teste de Scott Knott a 5%. A produtividade média geral obtida foi de 2208 kg ha-1. As cultivares que se destacaram com melhor desempenho produtivo 10% acima da média foram: TMG 7067 IPRO, BRS Valiosa RR, Msoy 6210 IPRO e BRS 1001 IPRO. É necessário a continuidade dos estudos e repetição dos ensaios de competição para melhor recomendação das cultivares mais adaptadas à Região Centro Norte Paulista.

Palavras-chave


Glycine max. Variedades. Rendimento. Competição.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.3738/1982.2278.2820