AVALIAÇÃO DE INOCULANTES BIOLÓGICOS ASSOCIADOS À ADUBAÇÃO NITROGENADA REDUZIDA NOS PARÂMETROS FISIOLÓGICOS E PRODUTIVIDADE DE MILHO SAFRINHA

Ivana Marino Bárbaro-Torneli, Fernando Bergantini Miguel, Fábio Olivieri De Nóbile, Bruno Aurélio Oliveira, Maria Gabriela Anunciação, Paloma Helena da Silva Libório, Everton Luis Finoto, Wander Luis Barbosa Borges, Rogério Soares de Freitas, Gustavo Pavan Mateus

Resumo


É importante buscar alternativas para atenuar o uso de adubos nitrogenados em milho, visto que, estes são de alto custo. Objetivou-se estudar os efeitos da inoculação e co-inoculação em diferentes doses e modos de aplicação associadas à adubação nitrogenada reduzida em parâmetros fisiológicos e componentes de produção de milho safrinha. O experimento foi instalado na safrinha de 2017, em área experimental da APTA de Colina, SP. Estudaram-se oito tratamentos: controle, adubações nitrogenadas nas doses de 55 e 110 kg ha-1 de N, 55 kg ha-1 de N + inoculação com Azospirillum na dose de 0,1 L ha-1 na semente, 55 kg ha-1 de N + co-inoculação (Bradyrhizobium e Azospirillum) no tratamento de sementes nas doses de 0,05 e 0,1 L ha-1 para cada inoculante e 55 kg ha-1 de N + co-inoculação aplicada nos estádios V3-V4 nas doses de 0,2 e 0,3 L ha-1 para cada inoculante. O delineamento foi o de blocos ao acaso com 4 repetições, com 32 parcelas. Foram avaliados alguns parâmetros no florescimento e componentes de produção por ocasião da maturação. Nota-se alta significância estatística para a maioria dos parâmetros nos diferentes tratamentos testados. De modo geral, maiores incrementos quanto aos componentes de produção foram obtidos com a inoculação com Azospirillum no tratamento de sementes que foi equivalente à prática da co-inoculação com uso das maiores doses de inoculantes via aplicação por pulverização com o jato dirigido sobre o solo entre V3-V4, sendo ambas práticas associadas a adubação nitrogenada reduzida. Sugere-se estudos mais aprofundados no tema envolvendo diferentes locais e safras visando ratificação dos resultados.

Palavras-chave


Zea mays L. Inoculação mista. Azospirillum. Modo de aplicação

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.3738/1982.2278.3007