O Escravo da nação Florêncio Calabar: da Fábrica de Pólvora da Estrela para a Fábrica de Ferro São João de Ipanema

Ilana Peliciari Rocha

Resumo


O objetivo deste artigo é problematizar a história do escravo da nação Florencio Calabar, no período de 1834-1840. Foram analisados documentos manuscritos da Fábrica de Ferro São João de Ipanema, estabelecimento que o recebeu. Sua história propicia refletir o cotidiano de vários escravos da nação: a transferência, o trabalho e as fugas.

Palavras-chave


escravidão, escravos da nação, Fábrica de Ferro São João de Ipanema.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.3738/1982.2278.3011