PRODUTIVIDADE DO CAPIM-MOMBAÇA SOB DIFERENTES IDADES DE REBROTAÇÃO NO NORTE DO PIAUÍ

Letícia Maria Barros de ARAUJO, Alex Carvalho ANDRADE, Braz Henrique Nunes RODRIGUES, Francisco José de Seixas SANTOS, João Avelar Magalhães, Rosane Cláudia RODRIGUES, Islan Victor Lustosa de OLIVEIRA

Resumo


Objetivou-se avaliar a produção do capim-Mombaça sob diferentes idades de rebrotação em Parnaíba-PI. O delineamento experimental utilizado foi em blocos inteiramente casualizados, sendo sete tratamentos constituídos por idades de rebrotação (7, 14, 21, 28, 35, 42 e 49 dias) com três repetições, totalizando 21 unidades experimentais de 6 m² cada. Todas as parcelas receberam adubação nitrogenada correspondente a 600 kg de N ha-1.ano-1 sob forma de ureia. As variáveis avaliadas foram: teor de matéria seca foliar, teor de matéria seca do colmo, altura, número de perfilhos, porcentagem de folha, porcentagem de colmo, relação folha/colmo, interceptação da radiação fotossinteticamente ativa (IRFA), penetração da radiação fotossinteticamente ativa, índice de área foliar (IAF) e produção de biomassa. Um período de descanso excessivamente longo, comprometeu a estrutura do dossel, ocasionando aumento na produção de biomassa em função do aumento na taxa de alongamento do colmo, redução da relação folha/colmo e diminuição do número de perfilhos. A fim de equilibrar produção e qualidade, recomenda-se para capim-Mombaça em Parnaíba-PI, um período de descanso entre 28 e 33 dias de rebrotação.

Palavras-chave


Panicum maximum; Biomassa; Interceptação luminosa; Índice de área foliar;

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/1982.2278.3511