A construção da personagem Aurélia Camargo, na obra Senhora de José de Alencar

Hellen Cristina Silva de Aguiar, Sueli Silva Gorricho Costa

Resumo


Este trabalho propõe uma análise crítica sobre a relação estabelecida entre o meio social e as
atitudes da personagem Aurélia, apresentada na obra de José de Alencar - Senhora (1875),
tipicamente romântica. Para compreender este contexto, aborda-se conceitos de Literatura,
bem como literatura Brasileira, no período romântico. Faz-se um estudo do personagem
esférico encontrado, especificamente a personagem Aurélia Camargo, em que se nota a
presença feminina buscando seus direitos, realizando renúncias, estabelecendo a liberdade tão
sonhada, e se construindo psicologicamente. Buscam-se nesta leitura, fatores determinantes de
uma época, comprobatórios de uma sociedade em modificação, que ajudaram a identificar em
uma linha cronológica o período estudado. Valorizam-se, também, aspectos de construção de
uma personagem, considerando estes importantes para o estudo de textos literários.

Palavras-chave


Literatura; Romantismo; Personagem

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.3738/nucleus.v8i1.459