CRESCIMENTO DE MUDAS DE LIMA ÁCIDA ‘TAHITI’, ENXERTADAS EM ‘FLYING DRAGON’ EM FUNÇÃO DA FERTIRRIGAÇÃO COM NITROGÊNIO, FÓSFORO E POTÁSSIO

Leonardo Demartini Penna, Mariana Brunani Arouca, Renato Mello Prado, Danilo Eduardo Rozane, Helton Camara

Resumo


Objetivou-se com o presente estudo, avaliar os efeitos da adubação com diferentes doses de nitrogênio, fósforo e potássio no crescimento e na produção de massa seca de mudas de lima ácida ‘Tahiti’, enxertadas em ‘Flying Dragon’. O delineamento experimental utilizado foi em delineamento inteiramente casualizados em fatorial 33 + 1, e 3 fatores (nitrogênio, fósforo e potássio - NPK), 3 doses (N1/2 =459; N1 =918;N2=1836; P1/2 =92; P1=184; P2=368; K1/2=438;K1=876; K2=1752 mg L-1) e um controle (sem adubação NPK), com 3 repetições, totalizando 84 unidades experimentais. Cada unidade experimental constou de um de muda cítrica cultivada em um saco com 2,5 kg de substrato. Havia três aplicações semanais de fertirrigação, 200 mL de solução nutritiva por planta, durante o período experimental. Avaliaram-se a altura das plantas, o diâmetro do caule e matéria seca da planta da planta (parte aérea e raiz) aos 215 dias após a enxertia. O emprego das doses de N1/2 P1/2 K1/2 proporcionaram adequado desenvolvimento e com maior produção de matéria seca da lima ácida ‘Tahiti’ enxertadas em ‘Flying Dragon’ cultivada em substrato.

Palavras-chave


Poncirus trifoliata L. Raf. var. monstrosa; nutrição, fertilização, NPK, matéria seca.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.3738/nucleus.v9i1.568