Avaliação morfológica do baço de coelhos Nova Zelândia Branco tratados com gentamicina

Annita Morais Girardi, Maria Rita Pacheco, Matheus Henrique Magalhães Silva, Silvana Martinez Baraldi-Artoni

Resumo


Considerando-se a importância do baço para o sistema imunológico e o potencial imunodepressor do antibiótico gentamicina, este estudo teve como objetivo avaliar os efeitos deste aminoglicosídeo sobre a histologia do baço de coelhos da raça Nova Zelândia Branco, machos e fêmeas, após tratamento diário com 4,4 mg/kg de gentamicina por via subcutânea, diariamente, durante sete dias. Foram analisadas, por meio de microscopia de luz, as características morfológicas da coroa e do centro germinativo dos corpúsculos esplênicos da polpa branca, além da polpa vermelha deste órgão. Os resultados demonstraram que este antibiótico, utilizado em dose terapêutica e pelo período recomendado, não alterou a morfologia esplênica dos animais tratados.

Palavras-chave


aminoglicosídeo; antibiótico; coelho; histologia; imunodepressão

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.3738//1982.2278.1029