Análise Genética da Hibridação em Gatos

Ana Luísa Santos Nielsen Tinasi, Leomam Almeida Couto, Cynthia Martins Villar Couto, Bruno Henrique Saranholi, Pedro Manoel Galetti Junior

Resumo


Trabalho desenvolvido no Campus da Faculdade Dr. Francisco Maeda - FAFRAM, de Ituverava, SP., com o objetivo de elaborar um protocolo para análise da ocorrência de cruzamentos entre espécies de gatos doméstico e selvagem, além de buscar a confirmação científica dessa ocorrência, ainda não registrada no Brasil. Foram analisados os materiais genéticos de duas ninhadas de gatos com suspeita de serem resultado de cruzamento natural entre gatas domésticas com um gato selvagem. Para as análises, utilizou-se dois marcadores associados ao cromossomo Y, sendo eles o SMCY e o SRY, para identificação genética da linhagem paterna, e um marcador mitocondrial ATP6, para identificação da linhagem materna. Os resultados mostraram que os marcadores utilizados são adequados e suficientes para a confirmação ou exclusão da ocorrência de hibridação, tanto na linhagem paterna como na materna, podendo ser utilizado como protocolo para essas análises. Com o protocolo utilizado, concluiu-se que os animais em estudo pertencem à espécie doméstica (Felis silvestris catus), descartando qualquer possibilidade de hibridação com gatos selvagens da fauna brasileira.

Palavras-chave


Medicina Veterinária; Genética; Hibridação; Gato selvagem; DNA; Protocolo;

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.3738/21751463.3515