Abordagens sobre a Transparência em Estudos de Administração Pública no Brasil

Anderson de Oliveira Reis, Gislaine Aparecida Santana Sediyama, Elizangela Lourdes de Castro

Resumo


Os debates sobre transparência tem ganhado notoriedade no meio acadêmico por revelar as necessidades de se ampliar as formas de responsabilização do governante e defender as formas de controle social. O objetivo deste ensaio é identificar e aprofundar as análises sobre transparência com base nas correntes teóricas de administração pública propostas por Andion (2012). Trata-se de evidenciar as mudanças e salientar a continuidade de abordagens teóricas sobre transparência pública. A hipótese central é a de que apesar de se observar mudanças nos paradigmas de administração públicas, há continuidade teórica nas abordagens sobre transparência predominando na concepção funcionalista do termo. No intuito de confirmar a hipótese procedeu-se revisão do trabalho de Andion (2012) com vistas a destacar os principais pontos sobre cada corrente teórica de administração pública. Em seguida, examinou-se as abordagens sobre transparência pública no Brasil, destacando-se a corrente teórica dos estudos sobre a temática e os paradigmas que lhes dão suporte. A hipótese central foi aceita, revelando que há predominância da abordagem funcionalista nos estudos sobre transparência sendo esta associada principalmente ao conceito de eficiência.

Palavras-chave


Transparência; Abordagens Teóricas; Administração Pública.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.3738/1982.2278.1781

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários