TRATAMENTO DA MASTITE BOVINA PELA HOMEOPATIA: UMA REVISÃO

Fernanda de Campos Bezerra, Erico da Silva Lima, Tiago Neves Pereira Valente

Resumo


A preocupação dos consumidores em adquirem produtos de melhor qualidade, fez aumentar a demanda por produtos orgânicos que fossem mais saudáveis, mas a bovinocultura de leite no Brasil ainda não conseguiu se adequar a essa exigência e em muitas propriedades os antibióticos ainda são usados de forma indiscriminada e uma menor parcela utiliza a homeopatia. Entretanto, a eficácia dos medicamentos homeopáticos ainda hoje é duvidosa, sendo alvo de estudos em vários países. O objetivo dessa revisão foi abordar os últimos estudos homeopáticos na criação de bovinos no Brasil a fim de verificar a eficiência de uso do medicamento. Os defensores da homeopatia afirmam que a falta de conhecimento apropriado do médico veterinário junto com outros entraves de manejo é a causa da baixa eficácia do medicamento, enquanto para outros autores ela não apresentaria resultado nenhum. As pesquisas no campo homeopático carecem de mais investigação, de novas publicações e de divulgação.

Texto completo:

XML PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/21751463.3770