ADMINISTRAÇÃO DE ACETATO DE MELENGESTROL APÓS INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL EM TEMPO FIXO

Guilherme Alberto Gomes, Eliana d`Auria

Resumo


A Inseminação Artificial em Tempo Fixo (IATF) é uma das técnicas mais utilizadas a campo no intuito de melhorar índices reprodutivos de fêmeas bovinas, alcançando elevadas taxas de prenhez, entretanto o custo benefício da prática faz com que alguns produtores permaneçam receosos sobre a utilização da mesma. Sendo a progesterona um importante hormônio responsável pela preparação do ambiente uterino e manutenção da gestação, o presente estudo teve como objetivo avaliar os resultados obtidos na utilização de Acetato de Melengestrol (MGA® Premix) no pós-protocolo de IATF, sendo o MGA® Premix caracterizado por um esteroide progestacional sintético de uso oral, cuja função é a sincronização do cio para a inseminação artificial em vacas paridas, solteiras e na indução de puberdade de novilhas. O fornecimento de MGA® Premix entre o 13º ao 17º dia após IATF em vacas paridas e aumento na taxa de prenhez.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.