Qualidade Fisiológica de Sementes de Melancia em Função da Pré-hidratação e Armazenamento

Joyce de Almeida Pinto, Pedro Ramon Manhone, Luan Peroni Venancio, José Carlos Lopes

Resumo


Objetivou-se neste trabalho avaliar a qualidade fisiológica de sementes de melancia cv. Crinsom sweet pré-hidratadas e armazenadas. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado com quatro repetições, no esquema fatorial 6 x 4 (seis períodos de embebição (0, 6, 12, 18, 24 e 30 horas) e quatro tempos de armazenamento (0, 15, 30 e 45 dias)). A qualidade das sementes foi avaliada por meio do teor de água, peso de mil sementes, primeira contagem, teste de germinação, índice de velocidade de germinação, comprimento de parte aérea e raiz principal e massa fresca e seca da parte aérea e raiz. A hidratação das sementes por 12, 18 e 24 horas e armazenamento por 15 dias favorecem a germinação, massa fresca e comprimento das plântulas, além de reduzir o número de plântulas anormais.

Palavras-chave


Citrullus lanatus, embebição, germinação, vigor

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/1982.2278.3737