PONTAS DE PULVERIZAÇÃO E DIFERENTES HORÁRIOS NOS PARÂMETROS TÉCNICOS DA TECNOLOGIA DE APLICAÇÃO

Gabriela Rodrigues Monteiro, Lucas Bernardino Martins Sales Brito, Jackeline Matos do Nascimento, Sálvio Napoleão Soares Arcoverde

Resumo


Este trabalho teve como objetivo avaliar a eficiência de aplicação em quatro horários do dia e dois modelos de pontas de pulverização. O ensaio foi conduzido em Dourados-MS, avaliando duas diferentes pontas de pulverização (Leque Simples -JSF 110.02, Leque Duplo - JTT 110.02) em quatro horários (13:00, 14:00, 15:00 e 17:00 h) com pulverizador tratorizado Modelo PJ 401. Para avaliação de parâmetros de tecnologia de aplicação foram utilizados papéis hidrosensíveis, após as aplicações os papéis foram armazenados e posteriormente digitalizados com resolução de 300 dpi com o programa DropScan, determinando-se o diâmetro da mediana volumétrica (DMV), a porcentagem de cobertura (%), a densidade de gotas, o coeficiente de dispersão, a amplitude e o diâmetro da mediana numérica (DMN). Os melhores resultados para estes parâmetros ocorreram quando a aplicação foi realizada às 17:00 h, enquanto a ponta Leque Duplo (JTTT 110.02) mostrou-se mais eficiente nos parâmetros de amplitude, coeficiente de dispersão e diâmetro da mediana volumétrica, em contrapartida a ponta leque simples (JSF-110.02) mostrou desempenho superior nos parâmetros de porcentagem de cobertura, amplitude e diâmetro da mediana numérica.

Palavras-chave


DropScan; Papéis hidrossensíveis; Pulverizadores

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/1982.2278.3817