VIABILIDADE ECONÔMICA NA CRIAÇÃO DE CODORNAS EUROPEIAS (Coturnix coturnix coturnix) EM GAIOLAS DE UM A 45 DIAS DE IDADE

Mauryno Macedo Trindade, Francisco Arthur Arré, Mardoqueu Bruno Guimarães Costa, Raniel Lustosa de Moura, Marcelo Richelly Alves de Oliveira, Nilton Andrade Magalhães, Iomar Bezerra da Silva

Resumo


O objetivo com a pesquisa foi avaliar os custos de produção de codornas em gaiolas de um a 45 dias de idade, no município de Tuntum / MA. Hoje na cidade podemos considerar que quatro entre cinco criatórios de codornas europeias, são de pequeno porte, e utilizada como uma maneira alternativa de renda, seja na produção da carne ou de ovos. O levantamento foi realizado com informações desde a compra de ovos e pintos, e demais custos com instalações e insumos, como, chocadeira, lâmpadas de aquecimento, consumo de ração por cada fase e manejo sanitário, além dos custos com pintos de 45 dias, quantas aves são necessárias para gerar uma renda extra e por fim, confirmação de que a produção de codorna até os 45 dias é viável. Nos resultados encontrados, a venda com 41 codornas foi suficiente para cobrir todos os custos com a produção, resultando assim, em uma lucratividade de 45%. Sendo que para que se atinja uma renda mensal a cada lote com a produção de corte, é necessária uma produção de 493 codornas.

Palavras-chave


Zootecnia; Avicultura; Produção Animal;

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/21751463.3765