COMPOSIÇÃO BROMATOLÓGICA DA SILAGEM DE MILHO COM ADIÇÃO DE FEIJÃO GUANDU.

Renan da Slva Euzebio

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo avaliar a composição bromatológica da silagem de milho com a inclusão de guandu. O experimento foi realizado na FAFRAM, no município de Ituverava-SP, em um delineamento inteiramente casualizado, com seis tratamentos e quatro repetições: T1: silagem de milho (SM); T2: SM+10% de feijão guandu; T3: SM+20% de feijão guandu; T4: SM+30% de feijão guandu; T5: SM+40% de feijão guandu e T6: SM+50% de feijão guandu. Após 30 dias foram retiradas amostras das silagens para análise bromatológica no laboratório da FAFRAM, para determinação dos teores de matéria seca (MS), proteína bruta (PB) e fibra em detergente ácido (FDA). A inclusão de feijão guandu até o nível de 50% melhora a qualidade das silagens de milho produzidas, principalmente em razão do aumento do teor de proteína bruta. A fibra em detergente ácido apresentou nível satisfatório para nutrição de ruminantes.

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.