BALANCED SCORECARD COMO SUPORTE ÀS DECISÕES GERENCIAIS: ESTUDO DE CASO EM UMA PROPRIEDADE LEITEIRA DE MÉDIO PORTE

Marcos Aurélio Lopes, Antônio Augusto Brion Cardoso, Francisval de Melo Carvalho, Rodrigo Andrade Ferrazza, André Luís Ribeiro Lima, Milton Ghedini Cardoso

Resumo


Objetivou-se analisar a aplicabilidade do Balanced Scorecard (BSC) em uma propriedade produtora de leite com média escala de produção, localizada no sul de MG. A pesquisa foi realizada nos meses de janeiro a dezembro de 2013. O levantamento das informações foi realizado por meio de entrevistas semiestruturadas realizadas in loco. Como instrumentos de coleta de dados foram utilizados a entrevista pessoal, a análise documental e a observação direta e participante. A fazenda possui 396 ha, onde 40% desta área é alugada. As atividades desenvolvidas são a pecuária leiteira, que corresponde a 60% do faturamento, e o cultivo do café, com 40%. O plantel da fazenda é de 164 vacas da raça holandesa, puras por cruzamento ou puras por origem (PC ou PO) que ficam semi-confinadas. A produção média diária é de 3.200kg, média de 19,51 litros de leite por vaca em lactação, em duas ordenhas diárias. Os pontos fortes são a localização, infraestrutura e fonte própria de água; enquanto que os pontos fracos foram, mão de obra, falta de controle e gestão realizada de forma reativa. A missão criada leva em consideração a implantação de melhorias no que diz respeito à gestão, para se alcançar a qualidade dos produtos e dos recursos humanos. Foi proposto um mapa estratégico, onde é possível perceber que os objetivos, crescimento e inovação serão alcançados levando em consideração o aumento da receita. Foi verificado, ao final do estudo, que os princípios do BSC podem ser aplicados a uma propriedade produtora de leite de médio porte.

Palavras-chave


BSC, planejamento estratégico, pecuária leiteira, escala de produção.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.3738/1982.2278.2148

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários