UTILIZAÇÃO DE SILÍCIO PARA CONTROLE DE CIGARRINHA DAS PASTAGENS

Bruna Stefanie Maronessi Iglesias, Miguelangelo Ziegler Arboitte, Saulo Reges Senna de Almeida, Eliete de Fátima Ferreira da Rosa, Leonardo Salib Ramos, Otávio dos Anjos Leal

Resumo


O Brasil é um dos mais importantes produtores de carne no mundo. Contudo, a base alimentar forrageira vem sofrendo nos últimos anos com o ataque de insetos-praga dentre elas a cigarrinha das pastagens, porém o problema só é realçado quando há altas infestações e danos evidentes. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da aplicação de silício e o fungo Metarhizium anisopliae na resistência da cigarrinha Deois flovopicta e suas implicações na produção e qualidade do Tifton 85. Para isso foram realizadas aplicações de silício, silício + Metarhizium anisopliae, Metarhizium anisopliae e testemunha e posteriormente analisados número de cigarrinhas vivas, cigarrinhas mortas, ninfas, altura de plantas, clorofila, biomassa verde e biomassa seca. Nas variáveis avaliadas, nenhuma foi influenciada pelos tratamentos. Deste modo, o presente estudo demonstrou que tanto a utilização de silício para indução de resistência ao ataque de cigarrinha das pastagens, quanto o uso do fungo Metharrizium anisopliae não foram eficazes nas condições de clima e solo avaliadas.

Palavras-chave


Cynodon sp. Controle biológico. Forragem. Metarhizium anisopliae. Tifton 85.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.3738/21751463.3927