APTIDÃO CLIMÁTICA DA CULTURA DO CACAU PARA A REGIÃO DE SÃO CARLOS – S

João Augusto Pajola Barrilin

Resumo


RESUMO: O cultivo cacaueiro (Theobroma cacau L.), espécie nativa da floresta amazônica, é influenciado diretamente pela precipitação e temperatura, pois baixas temperaturas podem afetar o crescimento vegetativo, o desenvolvimento do fruto e a floração. Este trabalho teve como objetivo de avaliar a aptidão climática da região de São Carlos, para o cultivo do cacau. Os dados diários dos parâmetros climatológicos foram obtidos através do site do CIIAGRO, para a cidade de São Carlos, SP, com os quais se determinou a evapotranspiração de potencial pelo método de Thornthwaite e o balanço hídrico para o período 1980 a 2018. Os resultados obtidos permitiram concluir que, de acordo com as variáveis climáticas do município de São Carlos - SP embasados em 38 anos de dados climáticos, balanço hídrico, e pelas aptidões climáticas exigidas pela cultura do cacau, a região é caracterizada como apta para a produção comercial.

Palavras-chave


Palavras-chave: Theobroma cacao L. Temperatura. Precipitação. Balanço hídrico.

Texto completo:

PDF

Referências


AGUIAR, A. T. da E. et al. Boletim 200: instruções agrícolas para as principais culturas econômicas. 7. ed. Campinas: IAC. 2014. 452 p.

BARBOSA, R. V. R. Estudo do campo térmico urbano de São Carlos (SP): Análise da intensidade da ilha de calor urbano em episódio climático de verão. São Carlos. 2009.

CEPAGRI. Disponível em . Acesso em 25 jul. 2018.

CIIAGRO- Centro Integrado de Informações Agrometeorológicas. Zoneamento macro das frutas sub-tropicais, 2018. Disponível em . Acesso em: 10 de agosto de 2018.

FERREIRA, ADRIANA. C. R. et al. Guia de Beneficiamento de Cacau de Qualidade Instituto Cabruca. Ilhéus, Bahia: 2013 52p.:il

GRAMACHO, I. C. P. et al. Cultivo e beneficiamento do cacau na Bahia. Ilhéus, Ceplac. 1992. 124 p.

IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Disponível em . Acesso em 25 jul. 2018.

ICCO- International Cocoa Organization. Disponível em . Acesso em 25 jul. 2018.

INMET, Instituto Nacional de Meteorologia. Disponível em < http://www.inmet.gov.br/portal/>. Acesso em 25 jul. 2018.

MELLO, Durval Libânio Netto; GROSS, Eduardo. Guia de Manejo do Agroecossistema Cacau Cabruca - volume 1. Editora. Instituto Cabruca. Ilhéus, Bahia: 2013. 92p.

PEREIRA, A. R.; ANGELOCCI, L.R.; SENTELHAS, P.C. Agrometeorologia: fundamentos e aplicações práticas. Guaíba: Agropecuária, 2002. 478p.

SÃO CARLOS. Dados da cidade. Disponível em Acesso em 25 jul. 2018.

SILVA NETO, P. J. da (Coord.) Sistema de produção de cacau para a Amazônia brasileira. Belém, PA. CEPLAC, 2001. 125 p.

THORNTHWAITE, C.W. An approach toward a rational classification of climate.Geographical Review, New York, v.38, n.1, p.55-94, 1948.

THORNTHWAITE, C.W.; MATHER, J.R.The water balance.New Jersey: Laboratory of Climatology, Drexel, Institute of Technology 1955, 140p.

WOLLMAN, C. A.; GALVANI, E. Zoneamento agroclimático: linhas de pesquisa e caracterização teórica-conceitual. Soc. & Nat., Uberlândia, 25 (1): 179-190, jan/abr/2013.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.