ANÁLISE AGROCLIMÁTICA DA CULTURA DA PIMENTA DO REINO PARA A CIDADE DE BOTUCATU (SP)

Olga Maria Galindo OLIVEIRA, Anice Garcia

Resumo


O trabalho tem por objetivo: realizar a aptidão climática da cultura da pimenta do reino para a cidade de Botucatu - SP para que possa identificar se as condições climáticas são propicias para o cultivo da pimenta do reino. A metodologia estabeleceu-se na aplicação de ferramentas de software e Excel® e banco de dados climáticos. As classes de aptidão para a cultura foram obtidas na literatura. De acordo com as variáveis climáticas da região de Botucatu-SP, do balanço hídrico climatológico da região e através das aptidões climáticas que são exigidas pela cultura, a região estudada é caracterizada como restrita por deficiência hídrica para o cultivo da Pimenta do Reino, podendo ser utilizada a prática da irrigação para suplementação hídrica.


Palavras-chave


Agrometeorologia. Aptidão climática. Piper nigrum.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, H.A. de; SANTANA, S.O. de. Seleção de zonas edafo-climáticas para o cultivo da pimenta do reino (Piper nigrum L.) no Sul da Bahia. Ilhéus, CEPLAC/CEPEC.1995. 19p. (Boletim Técnico nº 178). Disponível em: http://www.ceplac.gov.br/paginas/publicacoes/paginas/boletim_tecnico/cartilhas/BOLETIM%20T%C3%89C.%20N%C2%BA%20178.pdf

ANDRADE, Cinthia; SILVA, Marcio; SALLES, Thiago. Fatores impactantes no valor bruto da produção de pimenta-do-reino (Piper nigrum L.) no Pará. Departamento de Engenharia Florestal, Universidade Federal de Viçosa – UFV, Viçosa. 2017. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2179-80872017000100186〈=pt

BASTOS, T. X.; PACHECO, N. A.; MONTEIRO, D. C. A. Zoneamento agroclimático para a pimenteira-do-reino no Estado do Pará . Belém: Embrapa Amazônia Oriental, 2008.

BERNARDINA, Camila. A origem da pimenta do reino. 2013. Acesso em: 14 mar. 2017. Disponível em: http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/saude/noticias/?p=159551

COSTA, R. S. C.; MEDEIROS, I. M. Pimenta-do-reino. Porto Velho: Embrapa Rondônia, 2001. 2 p. (Folheto). Disponível em: https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/76382/1/folder-pimentadoreino.pdf

DIAS, A.G. O cultivo da pimenteira-do-reino: produção de especiarias de qualidade. Vitória, ES: Sementes Vitória, 2006.

DUARTE, Maria de Lourdes Reis. Cultivo da Pimenta-do-reino na Região Norte. Belém: Embrapa Amazônia Oriental. 2004.

GONTIJO, Ivoney et al.Variabilidade e correlação espacial de micronutrientes e matéria orgânica do solo com a produtividade da pimenta-do-reino. Rev. Bras. Ciênc. Solo [online]. 2012, v.36, n.4, pp.1093-1102. ISSN 1806-9657. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-06832012000400004 .

CPT- Centro de Produções Técnicas. Equipe de Tecnologia e Treinamento. Clima e solo para a plantação de pimenta do reino. 27 jun. 2012. Disponível em: http://www.tecnologiaetreinamento.com.br/agricultura/plantas-medicinais/clima-e-solo-para-a-plantacao-de-pimenta-do-reino/ Acesso em: 10 set. 2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.