UROLITÍASE BILATERAL EM RINS E VESÍCULA URINÁRIA DE CADELA: RELATO DE CASO

Thayna Souza Tolentino de Almeida, Marly Cristina Pinto Wanderley

Resumo


Urolitíase é caracterizada pela formação de cálculos em qualquer parte do aparelho urinário, é uma afecção muito frequente na clínica de pequenos animais, ocorrendo em diversas idades, raças e, em ambos os sexos. Vários fatores estão relacionados à formação de urólitos nos animais, sendo a nutrição e baixa ingestão de líquidos importantes fatores predisponentes. Os sinais mais observados são hematúria, disúria e polaciúria. O diagnóstico é baseado no histórico e sinais clínicos, além do exame físico, de urina e exames complementares, principalmente os de imagem. Existe tratamento conservativo e cirúrgico, sendo o cirúrgico mais indicado nos casos em que o urólito não pode ser dissolvido. O presente trabalho relata um caso de urolitíase em ambos os rins e vesícula urinária de cadela adulta, castrada, da raça Shih Tzu que apresentava hepatopatia concomitante. Foi realizado tratamento conservativo que permitiu um bom manejo da situação.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.