CIRROSE HEPÁTICA CANINA– RELATO DE CASO

Leticia Regina Preciozo, Aline Gomes Campos, Romeu Moreira Santos, Julia Soussa Junqueira, Amanda Jesus Agrela

Resumo


A cirrose hepática é uma alteração crônica e irreversível do fígado podendo ser originada por diversas etiologias causadoras de danos hepáticos por exemplo: causas infecciosas, metabólicas, neoplásicas e tóxicas. O diagnostico baseia-se no exame clínico, testes laboratoriais, avaliação por imagem, avaliação da função hepática e citologia. O objetivo desse estudo foi relatar um caso clínico de uma pitbull atendida no Hospital Carlos Fernando Rossato da FAFRAM, que em seu exame físico foi evidenciado dor e distensão abdominal, o diagnóstico foi ascite, a suspeita clínica foi cirrose hepática. Foi realizado avaliação histopatológica, o resultado foi hepatite crônica associada à fibrose. Após o diagnóstico instituiu protocolo terapêutico necessário, mas não foi eficiente, já que não houve remissão dos sinais clínicos e o animal veio a óbito. Conclui-se que a cirrose hepática possui um tratamento difícil, já que para os sinais clínicos surgirem é necessário perda da maior parte da função hepática.

Texto completo:

Sem título

Apontamentos

  • Não há apontamentos.