PLASMOCITOMA EM CONDUTO AUDITIVO EM CÃO– RELATO DE CASO

Débora Naiara Secco, Aline Gomes de Campos, Ricardo Lima Salomão, Tassiana Vacaro de Oliveira

Resumo


RESUMO: Plasmocitomas são tumores de células redondas do sistema hematopoiético e acomete qualquer tecido mole, normalmente localizado na orelha e dígitos e, incomum em cães. Possuem como sintomatologia, a formação de nódulo alopécico e de sangramento abundante. Para o tratamento é indicado a modalidade cirúrgica e constata-se eficácia, porém, é uma patologia que pode também ser tratada com quimioterapia, uso de prednisona e radioterapia, estes indicados para casos inoperáveis. Este relato de caso um cão, SRD de 9 anos atendido no Hospital Veterinário da FAFRAM que possuía um nódulo na orelha esquerda e alterações no hemograma, apresentando plaquetas e hemácias abaixo do normal para a espécie. Neste caso, a indicação para o tratamento foi cirúrgica, utilizando a técnica de ablação total do conduto auditivo esquerdo, o material foi encaminhado para exame histopatológico após a cirurgia, o qual confirmou o diagnóstico de plasmocitoma. Houve eficácia no tratamento e o animal está saudável.

Palavras-chave: Neoplasia. Plasmócitos. Orelha. Canal auditivo.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.