EFICÁCIA DO EXAME CITOPATOLÓGICO NO DIAGNÓSTICO DE NEOPLASIAS CANINAS

Maira Aparecida Neves, Aline Gomes Campos, Ricardo Lima Salomão

Resumo


Este trabalho teve a finalidade de verificar a eficácia do exame citopatológico no diagnóstico de neoplasias caninas por meio da comparação com o exame histopatológico. Foram utilizados 13 cães que foram submetidos a ambos os procedimentos diagnósticos. Das 13 amostras, 10 foram diagnosticadas como neoplasias e 1 como processo inflamatório em ambos os métodos e no exame citopatológico 1 dos casos foi dado como neoplasia e 1 como processo inflamatório, porém na biópsia verificou-se que se tratava de uma hiperplasia e uma neoplasia, respectivamente. A incidência dos tumores foi maior nas fêmeas, com 13 casos (100%) e nos cães mestiços, com 7 casos (53,85%). A eficácia do exame citopatológico foi de 72,73% (8 casos) e a margem de erro foi de 27,27% (3 casos) e apesar de ter se mostrado um bom método na detecção de neoplasias, o mesmo não exclui o uso da biópsia como diagnóstico definitivo.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.