ESTUDO DA CONTAMINAÇÃO DE FEZES DE CÃES, POR HELMINTOS COM POTENCIAL ZOONÓTICO, DE AMOSTRAS COLETADAS EM PRAÇAS PÚBLICAS NO MUNICÍPIO DE GUARÁ-SP.

Maria Olívia Baret Americano Silva, Aline Gomes de Campos

Resumo


Grande parte das doenças parasitárias são zoonóticas, e seus agentes causadores utilizam os animais domésticos para o desenvolvimento do seu ciclo de vida. Devido à falta de tratamento dessas doenças em cães e gatos domesticados ou errantes, assim como ao fato de os mesmos evacuarem em locais públicos, em especial nas praças públicas, existe o risco da transmissão por contato direto dessas doenças ao homem. O presente trabalho objetivou avaliar a ocorrência dessas doenças em fezes de cães colhidas de praças públicas no município de Guará-SP. Um total de 35 amostras foram colhidas de 7 praças, e encaminhadas ao Laboratório de Análises Clínicas para realização dos métodos de McMaster e Hoffman. Após a análise pela microscopia óptica, foram identificadas três espécies zoonóticas de helmintos: Ancylostoma sp, Toxocara sp e Strongylus sp.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.