CUIDADO ESPIRITUAL A PACIENTES EM TRATAMENTO ONCOLÓGICO: UMA REVISÃO DA LITERATURA

Jéssica Akemi Iwabuchi Yoshida, Fabrine Aguilar Jardim

Resumo


Objetivo: a presente revisão da literatura objetivou identificar o conhecimento cientifico produzido sobre como o cuidado espiritual é abordado por enfermeiros durante a assistência a pacientes em tratamento oncológico. Material e método: o levantamento e busca de artigos foi realizado em agosto de 2018, por meio da BVS, contemplando três bases de dados MEDLINE, LILACS e BDENF. Resultados parciais: esta revisão é parte de um trabalho de conclusão de curso de uma discente de enfermagem. Até o momento, foi realizada uma busca no portal da BVS, sendo recuperados 153 artigos, destes 140 indexados na MEDLINE, oito na BDENF e seis na LILACS. Após a leitura dos títulos e resumos foram selecionados sete artigos. Considerações parciais: compete à enfermagem compreender o cuidado espiritual como uma necessidade de saúde do paciente, bem como adotar estratégias para inserir este cuidado na assistência de enfermagem e garantir assim um suporte espiritual de qualidade.


Palavras-chave


Enfermagem. Espiritualidade. Câncer.

Texto completo:

PDF

Referências


BALBONI, M. J. et al. Why is spiritual care infrequent at the end of life? Spiritual care perceptions among patients nurses, and physicians and the role of training. Journal of clinical oncology. v. 31, n. 4, p. 461-467, fev. 2013. Disponível em: . Acesso em: 23 set. 2018.

BALBONI, M. J. et. al. Nurse and physician barriers to spiritual care provision at the end of life. Journal of pain and symptom management. v. 48, n. 3, p. 400-410, set. 2014. Disponível em: . Acesso em: 23 set. 2018.

BRASIL. Ministério da Saúde. Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Coordenação de Prevenção e Vigilância. Estimativa 2018: incidência de câncer no Brasil. Rio de Janeiro, 2017.

CALDEIRA, S.; CARVALHO, E. C. D.; VIEIRA, M. Entre o bem-estar espiritual e a angústia espiritual: possíveis fatores relacionados a idosos com cancro. Revista Latino-Americana de Enfermagem, São Paulo, v. 22, n. 1, jan./fev. 2014. Disponível em: . Acesso em: 23 set. 2018.

CARVALHO, C. C. et al. A efetividade da prece na redução da ansiedade em pacientes com câncer. Revista da Escola de Enfermagem da USP, v. 48, n. 4, p. 683-689, ago. 2014. Disponível em: < http://www.revistas.usp.br/reeusp/article/view/88484/91385>. Acesso em: 23 set. 2018.

EPSTEIN-PETERSON, Z. D. et. al. Examining forms of spiritual care provided in the advanced cancer setting. American journal of hospice and palliative medicine. v. 32, n. 7, p. 750-757, nov. 2015. Disponível em: < https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4436038/>. Acesso em: 23 set. 2018.

ESPINHA, D. C. M.; LIMA, R. A. G. D. Dimensão espiritual de crianças e adolescentes com câncer: revisão integrativa. Acta Paulista de Enfermagem, São Paulo, v. 25, n. 1, p. 161-165, 2012. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-21002012000800025&script=sci_arttext&tlng=pt>. Acesso em: 23 set. 2018.

GRANERO-MOLINA, J. et.al. Religious Faith in coping with terminal câncer: what is the nursing experience? Europe Journal Cancer Care. v. 23, n. 3, p. 300-309, nov. 2013. Disponível em: < https://onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1111/ecc.12150>. Acesso em: 23 set. 2018.

UERRERO, G. P. et. al. Relação entre espiritualidade e câncer: perspectiva do paciente*. Revista Brasileira de Enfermagem, Brasília, v. 64, n.1, p. 53-59, jan./fev. 2011. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71672011000100008>. Acesso em: 23 set. 2018.

LOBIONDO-WOOD, G.; HABER, J. Pesquisa em Enfermagem: Métodos, Avaliação Crítica e Utilização. Rio de Janeiro: GK; 2001.

MESQUITA, A. C. et. al. A utilização do enfrentamento religioso/espiritual por pacientes com câncer em tratamento quimioterápico. Revista Latino-Americana de Enfermagem. Ribeirão preto, v. 21. n. 2, p. 1-7, mar/abr. 2013. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-11692013000200539&script=sci_arttext&tlng=pt>. Acesso em: 23 set. 2018.

POLIT, D.F.; BECK, C.T.; HUNGLER, B.P. Fundamentos de pesquisa em enfermagem: métodos, avaliação e utilização. Porto Alegre: Artmed; 2004.

REGINATO, V.; BENEDETTO, M. A. C. D.; GALLIAN, D. M. C. Espiritualidade e saúde: uma experiência na graduação em medicina e enfermagem. Trab. educ. saúde. Rio de Janeiro, v.14, n.1, p.237-255, 2016. Disponível em:< http://www2.unifesp.br/centros/cehfi/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=207:2015-reginato-espiritualidade-e-saude-uma-experiencia-na-graduacao-em-medicina-e-enfermagem&catid=30:artigos-em-periodicos&Itemid=10>. Acesso em: 23 set. 2018.

RODIN, D. L. et. al. Whose role? Oncology practitioners’ perceptions of their role in providing spiritual care to advanced cancer patients. Support Care Cancer. v. 23, n. 9, p. 2543-2550, set. 2015. Disponível em: < https://projects.iq.harvard.edu/files/rshm/files/rodin_whose_role.pdf>. Acesso em: 23 set. 2018.

SKOMAKERSTUEN ØDBEHR, L., et al. A qualitative study of nurses' attitudes towards’ and accommodations of patients' expressions of religiosity and faith in dementia care. Journal of advanced nursing. v. 71, n. 2, p. 359-369, 2015. Disponível em: . Acesso em 23 set. 2018.

URSI, E. S. Prevenção de lesões de pele no perioperatório: revisão integrativa da literatura. Dissertação (Mestrado em Enfermagem fundamental) - Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, 2005. Disponível em: . Acesso em 26 set. 2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.