PLANTIO DIRETO NA CULTURA DA CANA-DE-AÇÚCAR.

Max Daniel Moreira de Freitas Monteiro

Resumo


O objetivo deste trabalho foi levantar um material bibliográfico sobre o plantio direto na cultura da cana-de-açúcar. A cultura da cana de açúcar  seu ápice de maior produção o condicionamento de ganhos para a sociedade, vinculando suas necessidades com o produto em alta, considerando também os pontos positivos e negativos para a produção no Brasil, no comparativo em relação ao seu desmembramento, obtendo oportunidades de negócios com a finalidade de estruturação em relação às perspectivas de crescimento impulsionadas pelo mercado notoriamente promissor, tanto no âmbito socioeconômico, como também na questão ambiental e de sustentabilidade. O plantio é uma operação importante e a sua eficiência determina o número de soqueiras a serem colhidas. De acordo com o material levantado e a metodologia utilizada, pode-se concluir que o plantio direto na cultura da cana-de-açúcar apresenta dados satisfatórios tanto para a conservação do solo e até um incremento na produção final da cultura.

Palavras-chave


Compactação do solo, Produção e Saccharum spp.

Texto completo:

PDF

Referências


AGUIRRE JUNIOR, J.M. Criação de novas variedades de cana no Estado de São Paulo. Campinas, Instituto Agronômico, 1936. 64p. (Boletim técnico, 34).

ASSIS, R.L. de; LANÇAS, K.P. Avaliação dos atributos físicos de um Nitossolo Vermelho distroférrico sob sistema plantio direto, preparo convencional e mata nativa. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.29, p.515‑522, 2005.

AZANIA, A. A. P. M.; AZANIA, C. A. M.; GRAVENA, R.; PAVANI, M. C. M. D.; PITELLI, R. A. Interferência na palha de cana-de-açúcar (Saccharum spp.) na emergência de espécies de plantas daninhas na família convolvulaceae. Revista Planta Daninha, Viçosa, v. 20, n. 2, p. 207-212, 2002.

BOLOGNA-CAMPBELL, I. Balanço de nitrogênio e enxofre no sistema solo cana-de-açúcar no ciclo de cana-planta. 112 p. Tese (Doutorado em Agronomia -Solos e Nutrição de Plantas), Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2007.

CONAB – Companhia Nacional de Abastecimento. Revista Indicadores da Agropecuária, ano XIV, n.9, p.60, 2016.

FIGUEIREDO, P. A. M.; BARBOSA, M. H. P.; ANDRADE, L. A. B.; ANJOS, I. A.; QUINTELA, A. C. R. Controle de plantas daninhas e rendimentos de colmos e ATR da variedade SP80-1842, pelo palhiço, vinhaça e herbicidas em áreas de colheita mecanizada de cana crua. In: CONGRESSO NACIONAL DA STAB, 8., 2008, Recife. Anais... Recife: STAB, 2008. p. 201-207.

FREIXO, A.A.; MACHADO, P.L.O.A.; GUIMARÃES, C.M.; SILVA, C.A.; FADIGAS, F.S. Estoques de carbono e nitrogênio e distribuição de frações orgânicas de Latossolo do Cerrado sob diferentes sistemas de cultivo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.26, p.425‑434, 2002.

GAZON, A. L. Práticas que reduzem os custos com o preparo e conservação de solos para canade- açúcar. In SEMINÁRIO IDEA – REDUÇÃO DE CUSTOS NA LAVOURA CANAVIEIRA, Ribeirão Preto, 2007. Disponível em: .

LAGUË, C.; AGNEW, J.; KHELIFI, M. Theoretical evaluation on the feasibility of controlled‑traffic farming (CTF) using wide‑span implement carriers (WSIC) for Canadian agriculture. In: ANUAL MEETING OF THE CSAE/SCGR, 2003, Montréal. Proceedings. Montréal: CSAE/SCGR, 2003. (CSAE. Paper, 03‑233).

MIZIARA, F. Expansão da Lavoura de Cana em Goiás e Impactos Ambientais. XIV Congresso Brasileiro de Sociologia. Rio de Janeiro, junho de 2009. Disponível em: http://starline.dnsalias.com:8080/sbs/arquivos/28_6_2009_12_9_46.pdf. Acesso em 20/Abril/2017

PAULINO, A.F.; MEDINA, C.C.; AZEVEDO, M.C.B.; SILVEIRA, K.R.P.; TREVISAN, A.A.; MURATA, I.M. Escarificação de um Latossolo Vermelho na pós‑colheita desoqueira de cana‑de‑acucar. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.28, p.911‑917, 2004.

PROCÓPIO, S. O. et al. Manejo de plantas daninhas na cultura da cana-de-açúcar. Viçosa-MG: Universidade Federal de Viçosa, 2003. 150 p.

REINERT, D.J.; ALBUQUERQUE, J.A.; REICHERT, J.M.; AITA, C.; ANDRADA, M.M.C. Limites críticos de densidade do solo para o crescimento de raízes de plantas de cobertura em Argissolo Vermelho. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.32, p.1805‑1816, 2008.

SÁ, J. C. de M. Manejo da Fertilidade do solo no sistema plantio direto. In SIQUEIRA; MOREIRA; LOPES; GUILHERME; FAQUIM; FURTINI NETO; CARVALHO (Ed.). Inter-relação fertilidade, biologia do solo e nutrição de plantas, Lavras: Departamento de Ciência do Solo/ Universidade Federal de Lavras, 1999.

SANTOS, H.G. dos; JACOMINE, P.K.T.; ANJOS, L.H.C. dos; OLIVEIRA, V.A. de; OLIVEIRA, J.B. de; COELHO, M.R.; LUMBRERAS, J.F.; CUNHA, T.J.F. (Ed.). Sistema brasileiro de classificação de solos. 2.ed. Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 2006. 306p.

SILVA, A.J.N. da; CABEDA, M.S.V. Compactação e compressibilidade do solo sob sistemas de manejo e níveis de umidade. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.30, p.921‑930, 2006.

SOUZA, Z.M. de; PRADO, R. de M.; PAIXÃO, A.C.S.; CESARIN, L.G. Sistemas de colheita e manejo da palhada de cana‑de‑acucar. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.40, p.271‑278, 2005.

TULLBERG, J.N. Tractor‑based systems for traffic control in Australia. Landwards, v.52, p.12‑15, 1997

VASCONCELOS, A. C. M. Desenvolvimento do sistema radicular e da parte aérea de socas de cana-de-açúcar sob dois sistemas de colheita: crua mecanizada e queimada manual. Tese (Doutorado) FCAV – Universidade Estadual Paulista, Jaboticabal, 2002.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.