AVALIAÇÃO DO COMPORTAMENTO E ESTRESSE ANIMAL ATRAVÉS DA UTILIZAÇÃO DO ENRIQUECIMENTO AMBIENTAL EM CÃO

Gabriel Chereguini Oliveira, Aline Gomes Campos, Bianca Rodrigues Almeida, Silvio Paula Mello

Resumo


A finalidade deste trabalho foi avaliar o comportamento e estresse em um canino, macho, sem raça e idade definidos, identificado com alterações comportamentais. O animal foi observado e filmado durante 81 dias, sendo 20 dias para observação dos hábitos naturais e os outros 61 dias de observação durante a implantação do Enriquecimento Ambiental feito através de passeios, brincadeiras, alimentação pela petball e também administração de fluoxetina 20mg/SID. Os distúrbios apresentados foram mexer na água, reflexo de micção, mímica de escavação, pulos e giros, avaliando-se o tempo e frequência que o animal os realizava. Foi observado também o tempo em que o animal passava se alimentando. Comparando-se o período inicial e intermediário houve melhora na frequência, principalmente no reflexo de micção, mexer na água, mímica de escavação. Ocorreu também melhora na duração, principalmente em mexer na água e mímica de escavação. A duração e a frequência de alimentação também aumentaram.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.