ASPECTOS CLÍNICOS DE CÃES COM NEOPLASIA ATENDIDOS NO HOSPITAL VETERINÁRIO DA FAFRAM NO ANO DE 2017

Lara Eduarda Domenici, Aline Gomes Campos, Emily Heloise Simão

Resumo


Este trabalho realizou um estudo retrospectivo de 1.534 atendimentos no Hospital Veterinário da FAFRAM, no ano de 2017, com 55 (4,71%) cães acometidos por neoplasias. Em relação ao sexo, 43 (78%) eram fêmeas, com mais de 7 anos (73%), sendo que 33 (60%) destes tumores comprometeram  cães sem raça definida. Foram encontradas com maior prevalência neoplasias mamárias (38%) e tumor venéreo transmissível (11%).  Na sequência prevaleceu o mastocitoma (7,2%), seguido do osteossarcoma (5,4%). A forma principal de diagnóstico foi através da histopatologia (25 amostras). Quanto à terapêutica, 35 dos pacientes foram submetidos à cirurgia, 10 à cirurgia e quimioterapia e 10 foram tratados apenas com fármacos citostáticos. Assim, acredita-se que o aumento no número de cães acometidos por neoplasias demonstra a necessidade de vários estudos e preparo do médico veterinário na área para adequação do diagnóstico e tratamento, visando uma melhoria da qualidade de vida do animal portador.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.