TRANSFERÊNCIA DE EMBRIÕES EM RECEPTORAS EQUINAS INDUZIDAS ARTIFICIALMENTE – RELATO DE CASO

Renato Henrique de Oliveira Pereira, Eliana D'Auria, Carlos Guilherme de Castro Schutzer, Gabrielle Doracenzi da Cunha, Fagner Prates Souza

Resumo


RESUMO: A criação e venda de equinos no país cresce satisfatoriamente e representa uma significativa parte da economia do país. O processo de biotecnologias aplicadas à reprodução, como a transferência de embriões, demanda uma quantidade elevada de éguas receptoras, o que aumenta o custo de todo o processo executado. O intuito deste trabalho é relatar o caso de uma égua receptora acíclica, pertencente ao plantel do Centro de Reprodução Avançada “Embrio-Equi”, durante a estação de monta 2015/2016, que por meio de protocolos hormonais foi possível sua utilização com a finalidade de receber o embrião de uma doadora e levar a gestação a termo.


Palavras-chave


Progesterona. Hormônio. Sincronização. Acíclica. Égua.

Texto completo:

PDF

Referências


ALONSO, M.A.; FLEURY, P.D.C.; ALVARENGA, M.A. Utilização de éguas receptoras de embrião três dias (D3) após a ovulação. In: CONFERÊNCIA ANUAL DA ABRAVEQ, 29, 2010, São Paulo, SP. Anais... São Paulo: SP, p. 327-28, 2010.

ALVARENGA, M. A.; CARMO, M. T.; OLIVEIRA, J.V. Transferência de embriões na espécie eqüina, Apostila de transferência de embriões na espécie eqüina Botucatu, SP, 2008.

ALVARENGA, M. A. Problems and solutions in equine embryo transfer programs in Brazil. Acta Scientiae Veterinariae, Porto Alegre, v. 38, p. s319–s333, 2010. Suplemento 1.

CAIADO, J.R.et al. Tratamento de éguas receptoras de embriões visando sua utilização no segundo dia pós-ovulação, Revista Brasileira de Zootecnia, v.36, n.2, p.360-368, 2007.

CUERVO-ARANGO, J.; NEWCOMBE, J.R. Repeatability of preovulatory follicular diameter and uterine edema pattern in two consecutive cycles in the mare and how they are influenced by ovulation inductors. Theriogenology, v. 69, p. 681-687, 2008.

DELL´AQUA, J.A.et al. Use of a new formulation of long acting progesterone in non cycling recipient mares, Weva, 321, 2009.

FLEURY, P.D.C.; ALONSO, M.A.; BALIEIRO, J.C.C. Avaliação da receptora: efeito de características uterinas e tempo de ovulação. In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE TECNOLOGIA DE EMBRIÕES,18 Araxá. Acta ScientiaeVeterinariae, v34 (supl.1). p.502, 2006.

HAFEZ, E.S.E.; HAFEZ, B. Reprodução Animal. 7. ed. Barueri: Manole.2004.

HARTMAN, D.L. Embryo Transfer. In: McKINNON, A. O. et al. Equine reproduction. 2.ed. Oxford: Wiley-Blackwell, 2011. V. 2, cap. 303,p. 2871-2879.

KAERCHER F. et al. Embryo transfer in no cycling Crioula and Quarter horse breeds treated with estradiol cipionate and long-acting progesterone, Braz. arco. biol. tecno. Vol 54 n6. Curitiba, novembro/dezembro, 2011.

LEY, M.B. Reprodução em Éguas para veterinários de eqüinos, São Paulo: Roca, 2006, p.184-191.

LIRA, R. A.; PEIXOTO, G. C. X.; SILVA, A. R.. Transferencia de embrião em equinos: revisão. Acta Veterinária Brasilica, Mossoró, v. 3, n. 4, p. 132-140, 2009.

LOPES, E. Transferência de embriões equinos: maximizando resultados com a escolha de receptoras, Rev. Bras. Reprod. Anim., Belo Horizonte, v.39, n.1, p.223-229, jan./mar. 2015. Disponível em www.cbra.org.br

MCKINNON A.O.; SQUIRES E.L. Embryo transfer and related technologies, Current Therapy Equine Reproduction. Saunders, Missouri. 2007. p.319-334.

RODRIGUES, T.G.et al. Uso de Progesterona de longa ação e inovulação de éguas no segundo dia após a ovulação. Acta Biomedica Brasiliensia. v. 3. N. 1. jun. de 2012.

SAMPER, J.C. Induction of estrous and ovulation: Why some mares respond and others do not. Theriogenology, v. 70, p. 445-447, 2008.

SQUIRES, E.L.; CARNEVALE, E.M.; MCCUE P.M.; BRUEMMER, J.E. Embryo technologies in the horse. Theriogenology , v.59, p.151-170, 2003.

ZERLOTTI, M, Como selecionar e preparar éguas receptoras para a transfêrencia de embrioes, In: CONFERÊNCIA ANUAL DA ABRAVEQ,13. suplemento III v. 41, 2012 Campinas, SP. Anais... Campinas :SP, 2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.