O USO DE SOLUÇÃO AQUOSA DE BARBATIMÃO NA CICATRIZAÇÃO DE FERIDA POR SEGUNDA INTENÇÃO EM EQUINO

Larissa Cristina Borges

Resumo


Um eqüino adulto da raça quarto de milha sofreu um acidente com cerca de arame farpado e foi encontrado dias depois com uma ferida na face, ao lado do olho, com exposição óssea e  presença de miíase. A ferida foi tratada topicamente com um fitoterápico, sendo este a solução aquosa de barbatimão. Foram observados os aspectos macroscópicos e morfométricos da ferida, tratada por segunda intenção. Houve tratamento diário da lesão até total cicatrização. O barbatimão beneficiou a cicatrização que ocorreu completamente em seis semanas de tratamento.


Palavras-chave


Fitoterápico. Tópico. Miíase. Tratamento.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.