BOTULISMO EM CÃO SHIH-TZU – RELATO DE CASO

Júlia Lopes Inácio, Iara Maria Gonçalves, Carolina Pires Herker, Ricardo Lima Salomão, Elzylene Lega

Resumo


O botulismo é uma afecção que raramente acomete os cães e é causada devido à ingestão de alimento deteriorado ou carcaças em decomposição que contenham a toxina produzida pela bactéria Clostridium botulinum. Essa toxina impede a liberação de acetilcolina causando sinais clínicos neuromusculares, sendo o principal a paralisia flácida progressiva que ascende dos membros pélvicos até os membros torácicos. O animal acometido perde o tônus muscular e não apresenta reflexos espinhas. O presente trabalho tem como objetivo relatar o caso de um canino macho, da raça Shih-Tzu, de aproximadamente quatro anos apresentando paralisia de membros pélvicos e torácicos e dificuldade respiratória dois dias após ingerir carne suína em decomposição. Após todos os exames hematológicos não apresentarem alteração significativa, a principal suspeita de diagnóstico foi botulismo. O animal recebeu tratamento suporte e teve remissão completa de todos os sinais clínicos em 20 dias.

Palavras-chave


Paralisia flácida; Toxina; Clostridium botulinum

Texto completo:

PDF

Referências


ELAD, D., et. al. Natural Clostridium botulinum Type C toxicosis in a group of cats. Journal of Clinical Microbiology. [S.I]: copyright. 2004, v.42, n.11, p. 5406-5408.

ETINGER, S. J.; FEELDMAN, E. C.; Tratado de Medicina Interna Veterinária, 4ª ed., vol. 2, São Paulo: Manole, 1997.

GALEY, F. D.; TERRA, R.; WALKER, R.; ADASKA, J.; ETCHEBARNE, M. A.; PUNCHNER, B.; FISHER, E.; WHITLOCK, R. H.; ROCKE, T.; WILLOUGHBY, D.; TOR, E. Type C botulism in dairy cattle from feed contminated with a dead cat. Journal os Veterinary Diagnostic Investigation. 2000, v. 12, p. 204-209.

LINDSTROM, M., KORKEALA, H. Laboratory diagnostics of botulism. Clinical microbiology reviews. Finland: copyright, v.19, n.2, p. 298-314, 2006.

MENDES, R. Botulismo no mel: Revisão de literatura. [monografia] latu sensu em medicina veterinária. Brasília: Instituto de pós-graduação Quallitas, 2008. 110f.

MONEGO, F.; MABONI, F.; VARGAS, A. C.; ASSIS, R. A.; Diagnóstico de Clostridium botulinum tipo C em cão - Relato de caso. Veterinária notícias. Uberlândia-MG. 2006, v. 12, n.2, p. 79-81.

NASCENTE, P. S.; NOBRE, M. O.; FARIA, R.O.; SCHUC, L. F. D.; MEIRELES, M. C. A.; GASPAR, L. F. Botulismo em cão - Relato de caso. Revista Clínica Veterinária. n.55. São Paulo: Guará. 2005, p. 48-50.

NELSON, R. W.; COUTO, C. G. Medicina Interna de Pequenos Animais, 2ª ed., Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2001.

RADOSTIS, O.M. ; GAY, C.C.; D.C. BLOOD, D.C. ; HINCHCLIFF, K.W. Clínica Veterinária. 9º ed. Rio de Janeiro : Guanabara Koogan, 2000, p. 682 e 683.

SAVARANI, R. S.; ALVES, M. L.; SUZUKI, E. Y.; ZAPPA, V.; Botulismo em cães - Relato de caso. Revista Científica Eletrônica De Medicina Veterinária. Ano VI, n.10, 2008.

STUCCHI, C.; Avaliação clínica-epidemiológica de botulismo em cães de uma população hospitalar do centro-oeste do Brasil. Dissertação Apresentada Ao Programa De Pós-Graduação Em Biociência Animal. Universidade de Cuiabá. 2014

SILVA, R. O. S.; SALVARANI, F. M.; PIRES, P. S.; ASSIS, R. A.; SALLES, P. R.; CARVALHO, M. B.; LOBATO, F. C. F. Caso de botulismo tipo C em cão. Ciência Veterinária nos Trópicos. Recife. 2008, v. 11, n. 2/3, p. 86-89.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.